6 conhecimentos extracurriculares para sua carreira em Engenharia

6 conhecimentos extracurriculares para sua carreira em Engenharia

A graduação é um momento especial e introdutório, em que se abrangem os assuntos de forma mais generalizada. Nesse sentido, é importante buscar conhecimentos extracurriculares, sobretudo na área de engenharia. Afinal, estar por dentro das novidades do mercado e aprender mais a fundo, além do que foi aprendido na faculdade, fazem com que o profissional seja mais qualificado.

Com o avanço da tecnologia, surgimento de softwares e outras transformações na área, investir em pós-graduação, MBA e outros cursos é fundamental para se destacar no mercado de trabalho. Um profissional que continua se dedicando e investindo nos estudos tem maiores chances de conseguir as melhores vagas.

Portanto, aproveite para conhecer 6 cursos com conhecimentos extracurriculares que você pode fazer para se especializar e ter um ensino de qualidade.

1. Metodologia BIM

A metodologia BIM (Building Information Modeling) é um sistema que modela informações para criar modelos de construções virtuais. A partir disso, será possível fazer análises e ter mais controle sobre os processos em todas as fases. Dessa forma, os modelos têm dados e informações que guiarão todas as atividades construtivas.

Investir nessa especialização é uma ótima maneira de conquistar seu espaço no mercado de trabalho. O uso da tecnologia nos projetos e no canteiro de obras já é indispensável, e com a metodologia BIM se consegue integrar áreas da arquitetura e engenharia. Assim, o profissional consegue acompanhar todos os processos, cronograma, operações, manutenções e outros aspectos.

O setor ainda é relativamente novo no mercado brasileiro, o que torna o curso ainda mais interessante. Trabalhar com ferramentas digitais é o futuro, uma vez que podem promover maior segurança, gerenciamento de custos e outros conhecimentos. A especialização é voltada para arquitetos, engenheiros e outros setores que trabalham com infraestrutura e construção.

2. Licitações e Contratos em Obras Públicas

A parte de licitações e contratos públicos é outra área que está em expansão, uma vez que os recursos investidos pelos governos municipal, estadual e federal continuam crescendo. Por sua vez, são exigidos profissionais capacitados para dar andamento nos projetos.

Por isso, ao se especializar em Licitações e Contratos em Obras Públicas será possível ter acesso a questões jurídicas que envolvem esses processos. Além disso, conceitos técnicos e outros setores relacionados à administração pública também são abordados. Assim, os procedimentos licitatórios, toda a execução dos contratos, as obras e os serviços de engenharia envolvidos são aprendidos.

Portanto, o foco do curso está em todas as etapas, desde a elaboração de editais, processos de licitação, fiscalização de contratos, leis e outros assuntos são abordados durante o curso. Nesse sentido, há uma visão mais completa de tudo o que envolve as licitações e contratos. Desse modo, falhas e brechas que poderiam afetar a qualidade, prazo e outros aspectos são evitadas.

3. Gerenciamento de obras

A gestão de todas as etapas da obra é uma outra possibilidade para se especializar após a graduação. O responsável pelo gerenciamento de obras precisa organizar todas as etapas do processo logístico, organização de pessoal e força de trabalho. Dessa forma, a construção fica mais enxuta, o orçamento é seguido, há maior economia de recursos e o cronograma também é cumprido.

O gerente de obras é quem acompanha a construção do início ao fim. Desde as primeiras etapas do projeto até a execução, ele é o responsável de melhorar o desempenho e a performance dos trabalhadores e da obra em si, aplicando seus conhecimentos para aprimorar cada fase.

Portanto, o especialista em gestão de obras deve garantir que o resultado seja entregue com excelência. Assim, o planejamento e o controle são decididos pelo gestor. Por isso, a produtividade, todo o andamento da construção, custos e prazos ficam sob sua responsabilidade.

4. Engenharia de Custos

Diferentemente do especialista em gestão de obras, que cuida de todos os procedimentos, o especialista em engenharia de custos tem foco no aproveitamento máximo de todos recursos e elementos. Nesse sentido, há um consumo mais consciente de materiais e serviços para que não estoure o orçamento estipulado.

Todo o controle da análise e de custos é feito por esse profissional. Além disso, a viabilidade do empreendimento (tanto técnica quanto econômica), diagnósticos, prognósticos e toda a concepção da construção é feito por um engenheiro de custos. Portanto, é realizada uma projeção, análise e estimativa para que se planeje a obra.

Ou seja, o profissional é responsável para que não haja super ou subfaturamento na obra. Com a criação de propostas técnicas, estudos e conhecimentos em gerenciamento, essa especialização é um bom investimento se você deseja mergulhar em uma área que ainda está em crescimento no país.

5. Avaliações e Perícias

Quem trabalha com perícias e avaliações possui uma grande responsabilidade. Afinal, o profissional deve realizar as análises e periciar os locais para elaborar laudos que influenciam a decisão de muitos setores da construção. Um dos aspectos positivos é que com essa especialização é possível trabalhar no setor público, privado ou até trabalhar por conta própria.

Os laudos administrativos e judiciais elaborados pelo profissional servirão como base para que as etapas de financiamentos e desapropriações andem, além de também ajudar na gestão de contratos. A função exige que as perícias e avaliações sejam detalhadas e criteriosas. Por isso, o profissional costuma ter uma remuneração alta.

6. Auditoria de Engenharia

Apostar na especialização em auditoria de engenharia será uma ótima decisão na sua carreira. Como o mercado ainda não tem profissionais suficientes e a demanda continua a crescer, esse é o momento certo para começar na área. Com o uso de uma ferramenta técnico-científica para fazer análises, o profissional investiga a qualidade executiva da obra, a sua legalidade, quais os impactos ambientais gerados pelos serviços e pela construção e a economicidade.

O auditor é qualificado para ter uma visão mais complexa e completa das práticas de engenharia. Assim, é o responsável por fazer avaliações em empreendimentos, atua como perito em questões judiciais e ainda pode conferir se a equipe está agindo da maneira correta, garantindo a qualidade da obra. Além disso, a regularidade da construção, cumprimento de normas e leis e outras demandas também ficam sob sua responsabilidade.

O investimento em conhecimentos extracurriculares já se tornou essencial em qualquer área, e na engenharia não seria diferente. Portanto, se você quer continuar aprendendo e deseja se especializar, o IBEC conta com diversos cursos, é só escolher o mais interessante.

Se você quer saber mais sobre os cursos oferecidos pelo IBEC, entre em contato com a gente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *