Tecnologia BIM: quais os benefícios da construção pré-moldada?

Tecnologia BIM: quais os benefícios da construção pré-moldada?

A construção pré-moldada caracteriza-se pela qualidade, agilidade e durabilidade obtida por meio de uma execução industrializada e racionalizada. É importante destacar que a principal diferença entre a construção pré-moldada e a pré-fabricada é que a primeira ocorre in loco, ou seja, no próprio local onde a obra ocorre. Já a segunda acontece em uma fábrica e, após a fabricação, as peças e estruturas são levadas prontas ao canteiro de obras. 

Seja a execução pré-moldada ou pré-fabricada, ambas proporcionam significativa aceleração no processo de execução de um empreendimento, uma vez que o canteiro de obras passa a ser um local onde ocorre a montagem das peças e estruturas. Quer saber como o BIM pode otimizar ainda mais esse método de construção? Então, continue a leitura! 

O que é a tecnologia BIM

A tecnologia BIM é traduzida para o português como Modelagem da Informação da Construção e é uma metodologia na qual a construção deixa de ter desenhos e passa a contar com modelos que apresentam dados e informações como comprimento, altura, largura, volume, preço, especificações técnicas, peso, entre outras. 

Além disso, o BIM apresenta diversos níveis de detalhamento denominados de LODs ou NODs. Quanto maior o número do LOD, maior a quantidade de detalhes e informações presentes no modelo. 

O BIM também pode estar presente em diversas etapas de um empreendimento, desde seu estudo de massa e análise de viabilidade técnica e econômica, como em projetos, planejamento, orçamento, execução, uso, operação, manutenção e até mesmo na demolição. 

Como a tecnologia BIM revoluciona a construção pré-moldada

O BIM está integrado com diversas etapas da obra, como detalhamento de projetos, planejamento e execução. Assim, além de revolucionar a fabricação por meio das informações presentes no modelo, também é possível planejar a ordem de fabricação e execução das diversas peças e componentes, a fim de atingir o custo e prazo planejados. 

Dessa forma, com todos os dados disponíveis no modelo, a tecnologia BIM permite que as informações e detalhes sejam compartilhados sempre que necessário. Isso revoluciona todos os aspectos de um empreendimento, auxiliando também a programação de entrega, orçamento, planejamento, entre outras atividades. 

Com o BIM, fornecedores podem ser automaticamente informados, por meio do modelo, quais as próximas partes a serem executadas e qual deve ser sua sequência de produção e fabricação. Assim, não ocorre acúmulo de estoque no canteiro de obras e o espaço é otimizado.

Quais os principais benefícios do BIM na construção pré-moldada

O BIM é muito utilizado em outros países para a pré-fabricação de elementos, uma vez que essa tecnologia garante que as medidas e especificações das peças sejam seguidas à risca, mantendo a compatibilidade, reduzindo retrabalhos, desperdícios, entre outros benefícios. 

Otimiza os processos

Por meio das visualizações e simulações geradas pelo modelo, todos os projetos podem ser checados. Também, as interferências podem ser visualizadas anteriormente à execução, evitando gastos, problemas, desperdícios, atrasos e paralisações. 

Além disso, por meio da metodologia BIM, o planejamento pode ser todo simulado e quaisquer inconsistências nas programações, prazos, ordem das atividades e da montagem, podem ser verificadas antes que aconteçam. Assim, os custos são reduzidos, os processos são otimizados, desperdícios são evitados e o prazo é melhorado. 

Por meio do BIM, é possível colocar em prática o modelo “just in time” e enviar apenas as peças pré-moldadas que são necessárias naquela etapa, dia ou semana — dependendo da estratégia de planejamento adotada pelo gestor. 

Reduz a perda de materiais

O BIM proporciona uma integração de informações de todo o empreendimento e das diversas disciplinas de projeto. Sendo assim, erros de compatibilização são evitados, assim como conflitos na execução dos projetos e das atividades. 

Com isso, o retrabalho é evitado e a necessidade de alterações no canteiro de obras são reduzidas. Os produtos que chegam ao canteiro de obras já prontos estão dentro das características adequadas, evitando a perda de qualidade e o gasto desnecessário de materiais, uma vez que não é necessário refazer atividades. Assim, as peças não são maiores que o necessário e nem precisam ser refeitas em nenhum aspecto. 

Facilita a previsibilidade de custos e prazos

O BIM permite que todas as informações de um projeto sejam agrupadas e conhecidas com exatidão. São diversas as informações disponíveis, podendo ser em relação à especificação ou os custos envolvidos.

Dessa forma, ao solicitar um material ou produto a um fornecedor, o profissional tem total conhecimento sobre a quantidade que será necessária, o prazo de execução, a ordem das atividades, quais as dimensões, características e demais informações que refletem diretamente a na fabricação e execução do modelo. 

Contudo, a previsibilidade de custos e prazos vem por meio da integração das informações das diversas dimensões do BIM, que são: modelagem 3D, planejamento, orçamento, operação/execução, sustentabilidade e segurança. 

Com a integração dessas dimensões, é possível, com alguma alteração no modelo, obter a atualização do planejamento e do orçamento, prevendo com mais certeza o projeto como um todo, sua execução, uso e operação.

Gera produções mais sustentáveis 

Cada um dos projetos modelados em BIM apresentam detalhes e informações que serão úteis e valiosos para uso, operação e manutenções futuras. Com isso, tanto a execução quanto o uso das edificações promovem a sustentabilidade, ao reduzir o desperdício de materiais e a redução significativa da geração de resíduos. Isso se dá por meio da geração de peças e estruturas, uma vez que essas são executadas com precisão.

Qual a importância de se qualificar na utilização da tecnologia BIM

A tecnologia BIM vai muito além de projetos 3D, de quantitativos quase automáticos, de visualizações, simulações e verificação de conflitos e choques. Para que essa tecnologia seja realmente colocada em prática e seus benefícios sejam colhidos, é preciso que os profissionais trabalhem em integração de forma colaborativa. 

Além disso, precisam ter real conhecimento e domínio do que é essa metodologia em relação aos processos e procedimentos, e não só a softwares. Afinal, para que o BIM realmente ocorra, é necessário que haja mudança na cultura e na forma de construir, e não apenas nos programas e softwares utilizados. 

O BIM proporciona diversos benefícios que otimizam a construção de empreendimentos. Em relação à construção pré-moldada, com essa tecnologia é possível tornar seus processos ainda mais vantajosos, acelerados e seguros. Para isso, é importante que os profissionais compreendam tanto a pré-fabricação como a tecnologia BIM.

Gostou desse texto? Então aproveite a visita ao blog e siga-nos em nossas redes sociais. Estamos no Facebook e LinkedIn.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *