Saiba como as soft skills e hard skills se aplicam à vida dos engenheiros

Saiba como as soft skills e hard skills se aplicam à vida dos engenheiros

Os últimos anos foram marcados pela alta competitividade entre os candidatos dos mais variados setores do mercado. Hoje em dia, ter apenas uma formação acadêmica de graduação não é mais o suficiente para se destacar entre os concorrentes. Por esse motivo, é fundamental que você esteja atento às exigências do mundo corporativo durante uma divulgação de vaga de emprego, de modo com que as suas habilidades e capacitações estejam à altura do que a empresa está procurando.

Como já dizia o filósofo Francis Bacon: o conhecimento é poder. E por isso, se você quer se destacar diante da concorrência, é preciso se dedicar para que as suas habilidades profissionais e gerais sejam aprimoradas. Os Recursos Humanos desenvolveram uma nova estratégia para diferenciar os tipos de aptidões dos candidatos por meio das soft skills e hard skills.

Quer saber o que são cada um desses itens e quais são as diferenças entre eles? Então, continue a leitura deste conteúdo até o final para adquirir ainda mais conhecimento e ficar à frente da concorrência para conquistar o seu emprego dos sonhos.

Saiba o que são as hard skills

Apesar do nome, hard skills são aquelas habilidades quem podem ser classificadas, e por isso, se tornam mais fáceis de serem identificáveis — seja por meio de um diploma ou proficiência em algum idioma. Em resumo, elas são aquelas competências que são mais fáceis de serem aprendidas (ou ensinadas) em cursos, workshops e treinamentos etc. Veja, abaixo, alguns exemplos:

  • graduações;
  • nível de conhecimento em outros idiomas;
  • cursos técnicos;
  • habilidades na operação de maquinários e ferramentas;
  • aptidões relacionadas à informática.

Pelo o que se pode ser observado, as hard skills costumam ser as informações que são inseridas nos currículos do candidato. Apesar disso, essas referências não são consideradas as mais importantes, uma vez que são “mais fáceis” de serem adquiridas, visto que, como mencionado no início, ter apenas o conhecimento técnico não é mais um diferencial no mercado de trabalho atual.

Veja o que são as soft skills

As soft skills, por outro lado, são consideradas as habilidades mais difíceis de serem identificadas e diferenciadas, pois se tratam de aptidões sociocomportamentais, ou seja, capacidades mentais e de comportamento perante a situações adversas que necessitam de controle emocional.

A identificação dessas habilidades são mais desafiadoras, pois envolvem mais que cursos, por exemplo. Na verdade, elas compreendem as experiências vividas pelo candidato, tornando-as mais difíceis de serem ensinadas. Apesar disso, a importância das soft skills vem crescendo bastante devido à mudança dos paradigmas dentro das empresas. Afinal, não adianta ter um bom conhecimento técnico, mas ter dificuldades em lidar com situações de pressão ou de trabalho em equipe.

Conheça algumas das principais soft skills procuradas pelo RH:

  • senso crítico;
  • proatividade;
  • comunicação;
  • trabalho sob pressão;
  • persuasão;
  • senso de liderança.

Essas competências, geralmente, não são mencionadas nos currículos — até mesmo pela dificuldade de serem identificadas. Por isso, durante os processos seletivos para vagas de emprego é necessária a realização de atividades dinâmicas de grupo para auxiliar na identificação dessas características.

Descubra quais as habilidades mais procuradas nos processos seletivos

Conforme informamos, algumas habilidades são mais comuns de serem procuradas pelos examinadores nos processos seletivos de vagas de emprego. Por isso, continue a leitura e fique atento quais são essas características para que você possa identificar se você atende às expectativas ou se é interessante aprimorá-las, traçando, então, uma estratégia para se dar bem nas entrevistas. Achou a proposta interessante? Então, continue conosco!

Adaptabilidade

A adaptabilidade é a capacidade de o indivíduo se ajustar às mais variadas situações ao qual ele é submetido de forma inesperada. Na área da engenharia, ela é considerada uma das mais importantes, uma vez que esta é uma profissão que está sujeita a lidar o tempo inteiro.

Vale ressaltar que a variável “tempo de adaptabilidade” é fundamental para analisar o candidato. Afinal, as decisões devem ser tomadas com rapidez, e portanto, aquele que toma melhores decisões em menor tempo, é o melhor candidato (para este requisito!).

Liderança

A maior parte dos candidatos deseja alcançar o cargo de liderança, e conforme você avança em sua carreira, maiores serão as responsabilidades de liderança que você vai adquirir ao longo do tempo. Além disso, algumas das funções principais de um líder é delegar funções, coordenar os projetos e gerenciar toda a equipe, e por isso, é preciso saber manejar com sabedoria toda a equipe — lembre-se de que liderar é diferente de mandar!

Comunicação

Quem trabalha na área da engenharia está sempre em contato com profissionais de outros setores, como arquitetos, matemáticos, biólogos etc. Isso quer dizer que há uma variedade de personalidades muito ampla e com perspectivas muito diferentes — que, inclusive, podem acrescentar (e muito!) no projeto. Por esse motivo, ter a habilidade de se comunicar com tranquilidade e de forma clara e objetiva é fundamental para quem deseja se dar bem em uma entrevista.

Compreender o que é e a diferença entre soft skills e hard skills é fundamental para quem deseja se dar bem nas entrevistas de emprego, sejam elas individuais ou coletivas. Isso porque é uma excelente estratégia para identificar e adaptar as suas capacidades de modo a atender o que as vagas para o qual você está concorrendo exigem.

Sendo assim, não deixe de se atualizar sobre o assunto e necessidades do mercado, aprimorando e atualizando as suas habilidades. Para isso, uma excelente opção é se capacitar por meio de cursos de capacitação e profissionalizantes. Assim, você estará sempre apto para qualquer situação. Aqui no IBEC você pode encontrar os melhores cursos dentro da área de engenharia e gestão.

O IBEC é uma instituição voltada para o desenvolvimento das suas qualificações profissionais e a entidade mais tradicional do país na área de Engenharia de Custos — são mais de 80 mil alunos em cursos de capacitação e 30 mil em MBA e pós-graduações por todo o Brasil. Portanto, se você quer evoluir e aprimorar ainda mais as suas soft skills e hard skills, não deixe de entrar em contato conosco para conhecer os nossos cursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *