Entenda a diferença entre carreira em y e carreira em w

Entenda a diferença entre carreira em y e carreira em w

Os profissionais que já estão no mercado de trabalho certamente ouvem falar muito sobre planos de carreira. Em simples definição, eles são o caminho que se deve seguir para alcançar um crescimento dentro de um ramo específico, como, por exemplo, passar de supervisor a gerente de uma empresa. Agora você já sabe o que são os planos de carreira. Porém, é preciso destacar que existem dois tipos deles: os planos de carreira em y e carreira em w.

Não se trata de um ser melhor do que o outro, assim como muitas coisas que envolvem o trabalho. São formas distintas que evoluíram a partir das carreiras convencionais.

Mas calma! Vamos explicar mais sobre cada uma dessas carreiras e mostrar as diferenças e as vantagens. Então vamos a elas?

O que é carreira em y?

Essa é aquela em que o profissional opta por seguir a carreira que estudou, ou seja, vai atuar no mercado de trabalho, utilizando seus conhecimentos adquiridos durante os seus estudos.

Ela é denominada assim por causa do formato da letra: um único caminho até certo ponto que se divide em duas opções, as quais representam a escolha profissional.

É normal uma pessoa desejar escolher por um viés de crescimento profissional após um tempo de carreira. É a oportunidade que o profissional tem de permitir-se ser protagonista de sua carreira e de envolver-se na atividade que o realizará.

Antigamente as carreiras eram bem sofridas para os profissionais que não tinham o perfil de liderança. A ideia da carreira em Y é quebrar esse obstáculo e oferecer mais de uma opção. Desse modo, ou o funcionário se torna um gestor ou, então, um técnico especialista, sendo cada vez mais qualificado para o seu trabalho.

Para quem é melhor?

Para as pessoas que têm um perfil mais focado, seja na área técnica, seja na liderança, essa é a carreira de maior vantagem. As habilidades necessárias para o profissional da carreira em y são bem diferentes.

Por isso, é muito comum que gestores não participem da parte técnica para se concentrarem na gestão de pessoas. Apesar de algumas razões para designar cargos de gestão para profissionais que sabem do assunto, nessa carreira, não é necessário ter um conhecimento profundo sobre o tema para exercer a função.

O que é carreira em w?

A carreira em w, idealizada por Roberto Rigaud, vem se tornando cada vez mais comum. O “w”, podemos dizer, significa um “zig-zag”. Isso porque, diferentemente da carreira em y, essa permite que o profissional atue tanto na frente de liderança quanto na frente técnica.

A ideia é pegar um pouco de cada lado e tornar o profissional mais versátil. Não que se esteja criando um “profissional perfeito”, mas o objetivo é que ele tenha a capacidade de atuar em diversas áreas.

Com a concorrência do mercado de trabalho e com a demanda natural, as pessoas estão buscando cada vez mais se diferenciar. Por isso, se especializam em vários assuntos e procuram áreas diferentes de conhecimento para trabalhar.

Os profissionais dessa carreira geralmente são líderes de projetos e ocupam cargos mais complexos. Alguns exemplos de cargos são o de consultor comercial, de gestor de projetos específicos e de profissional de pesquisa.

Para quem é melhor?

Muitos profissionais não têm um perfil único e extremista, por isso, são mais eficientes quando podem mudar de atuação de tempos em tempos. Então, para os que estavam indecisos no caminho dentro da carreira y, essa pode ser a saída.

O profissional desse tipo de carreira tem uma grande qualidade: a de poder ser uma conexão excelente entre diferentes níveis de atuação. Por exemplo, um perfil de liderança vai exigir do profissional uma boa comunicação e uma visão geral, enquanto o perfil técnico exigirá perseverança e foco.

Dessa forma, um perfil “w” tem a capacidade de falar com os dois lados, atribuindo atenção especial às situações mais específicas, mas também filtrando as informações necessárias à equipe técnica ou à gestão.

Esse tipo de carreira é uma flexibilização da trilha de carreira. Ela traz diversas oportunidades para os profissionais e permite que se tornem autogerenciáveis, além de desenvolverem suas habilidades de maneira mais ampla.

Assim, o colaborar passa a ter liberdade para escolher um caminho mais adequado às suas expectativas profissionais e pessoais e a ter novas perspectivas de carreira.

Como o mercado tem reagido sobre cada carreira?

Para muitos especialistas em gestão de pessoas, as empresas ameaçadas com perda de mercado, queda no atendimento e baixos resultados financeiros, tendem a absorver o perfil w para criar um novo ambiente de trabalho.

A carreira em w oferece diversas vantagens, tanto para o empregador quanto para o empregado, pois é possível ter uma valorização de talentos e ainda conseguir maiores números com líderes que conhecem diversos setores da organização.

Esse tipo de carreira já está presente na Embraco (multinacional do setor de tecnologia para refrigeração) há dois anos. Vale ressaltar também que, de 5,5 mil empregados que ela tem no Brasil, mais de 2,5 mil já estão nesse modelo de carreira.

No plano de carreira em y, existem muitas oportunidades no mercado corporativo. Grandes empresas de tecnologia e de saúde, por exemplo, são corporações que oferecem muitas vagas para profissionais com talentos técnicos.

É importante destacar que o profissional que deseja se destacar na carreira em y deverá desenvolver suas competências e habilidades, como planejamento, foco, criatividade, inteligência emocional, entre outras.

Já os que querem destaque na carreira em w precisarão de especializações diferentes e de três competências fundamentais: administração (disciplina para conduzir as ações), liderança (capacidade para gerar o time) e resiliência (para suportar a pressão no desenvolvimento de um projeto).

Há 5 anos, a carreira em w começou a ser praticada com mais ênfase no Brasil, principalmente entre as empresas de engenharia. A Promon Engenharia, por exemplo, adota esse método. E a tendência é que esse tipo de carreira se expanda pelos próximos anos.

Faz-se necessário ressaltar que carreira em y e carreira em w são apenas tipos de carreiras a seguir, mas que é primordial administrar bem o tempo dos estudos para alcançar bons resultados no trabalho. Por esse motivo, é importante realizar cursos de capacitação, Pós-Graduação ou MBA em uma instituição de qualidade. Esse é o melhor caminho para aqueles que almejam ser um profissional completo na carreira escolhida.

Agora que você já sabe a diferença entre a carreira em y e a carreira em w, é o momento de se capacitar para ser um destaque na que se encaixa no seu perfil. Então, entre em contanto conosco e conheça nossos cursos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *