Conheça quais os principais problemas em obras e como evitá-los!

Conheça quais os principais problemas em obras e como evitá-los!

Dentro do cenário da construção civil nacional, são levantados diversos problemas em obras que afetam diretamente o planejamento, gestão e execução das obras. Compreender a causa de cada um dos problemas é de suma importância para conseguir corrigi-los e evitá-los, possibilitando a manutenção do prazo e custo estipulados, assim como uma boa lucratividade.

Se você busca melhorar a gestão de obras, é necessário se atentar ao planejamento e fazer um controle eficaz durante a execução, tornando os processos mais eficientes. Assim, será possível reduzir os imprevistos, erros e problemas que são mais comuns.

Para realmente ajudá-lo, preparamos esse texto com os erros que você precisa ter mais atenção. Continue a leitura!

Quais os principais problemas em obras

Ter uma boa percepção dos principais problemas, erros e dificuldades em cada uma das etapas de uma obra — planejamento, projeto e execução — melhora a compreensão dos riscos e auxilia na resolução de imprevistos. Por isso, listamos abaixo alguns dos principais exemplos de erros que acontecem costumeiramente nas obras.

Má dimensionamento e alocação de equipes e recursos

A falta de um bom planejamento físico e financeiro impossibilita a correta compreensão dos custos, da quantidade suficiente de mão de obra necessária para o cumprimento das atividades dentro do tempo, além do custo e qualidade estipulados. Esse é um erro que pode ocorrer tanto na etapa de planejamento como na execução.

No planejamento e orçamento é feito o dimensionamento das equipes e recursos, gerando posteriormente os cronogramas físicos e financeiros, assim como a previsão de fluxo de caixa, lucratividade, etc. Sendo assim, os erros relacionados a um subdimensionamento representam prejuízos que podem até inviabilizar a execução da obra.

Já na execução, a má alocação de equipes e recursos se dá ao fato de não seguir o planejamento ou pela inexistência de um planejamento. Da mesma forma, esse tipo de erro também pode trazer prejuízos a ponto de inviabilizar a finalização da obra.

Erros nos projetos e falta de compatibilização

Erros em projetos e falta de compatibilização são problemas muito comuns. Em alguns casos, a situação ainda é pior, pois nem ocorreu a etapa de elaboração de projetos. Os principais erros que ocorrem na etapa de projetos são:

  • ausência de detalhamento e memorial descritivo;
  • erros em cotas, altura e níveis;
  • falhas na distribuição dos pontos hidráulicos e elétricos;
  • erros ou falta de especificação dos materiais;
  • ausência de compatibilização a fim de identificar possíveis interferências.

Erros durante a execução da obra

Em geral, esses erros estão totalmente ligados a questões operacionais e comportamentais, uma vez que ocorrem por:

  • falta de qualificação;
  • comunicação ineficaz entre todos os profissionais;
  • não seguir as recomendações dos fabricantes quanto ao preparo e aplicação;
  • não seguir as indicações de projeto;
  • desperdício de materiais;
  • ausência de uma logística eficaz no canteiro de obras;
  • não seguir o planejamento;
  • desorganização e falta de processos bem definidos.

Má qualificação de funcionários

A mão de obra da construção civil brasileira é, em geral, pouco qualificada e isso reflete diretamente no cumprimento dos prazos e também no custo — uma vez que frequentemente precisa-se refazer atividades, desperdiçando recursos.

Além disso, grande parte das vezes o resultado final é afetado em termos de qualidade. Por isso, a falta de treinamento é tão prejudicial. Ao contrário do que se pensa, investir nesse aspecto proporciona retorno financeiro invés de ser apenas mais uma despesa para a empresa.

Contudo, além da falta de treinamento, a falta ou ineficiência na comunicação e suporte afetam diretamente o desenvolvimento dos profissionais no canteiro de obras, assim como a visualização e rápida resolução de problemas e imprevistos.

Mal uso de insumos

A falta de organização e cuidado adequado aos insumos é extremamente negativa, promovendo desperdício, perdas e elevação dos custos. Esse é um aspecto importante, uma vez que muitos necessitam de formas de armazenamento e transporte específicos, a fim de não serem danificados, como por exemplo, cimento, areia, tijolos e aço.

Como lidar com os problemas em obras

Saber lidar com os imprevistos rotineiros é crucial para que esses detalhes não se tornem grandes gargalos e posteriormente problemas que interfiram no resultado final. Portanto, para resolver ou evitar os principais problemas em obras é preciso atentar-se a alguns pontos.

Realizar o dimensionamento e alocação correto da equipe e dos recursos

Para corrigir e evitar o mal dimensionamento e alocação da equipe no canteiro de obras é importante usar dados realistas no planejamento. Afinal, por meio do quantitativo correto e de uma produtividade adequada será obtida a porção adequada de cada equipe, assim como a quantidade correta de materiais e insumos.

Já na fase de execução o ideal é seguir o que foi planejado. Quando observa-se a inviabilidade ou algum problema no planejamento, deve-se avisar a fim de atualizá-lo, seja aumentando ou diminuindo a produtividade. Assim, nas próximas obras você terá um planejamento ainda mais assertivo por meio da correta apropriação.

Revisar e compatibilizar os projetos

O erro em uma obra não é responsabilidade apenas de quem não projetou corretamente ou de quem executou uma atividade inadequada. Na verdade, a responsabilidade é de todos os engenheiros, arquitetos, gestores, mestres e encarregados envolvidos que não verificaram a exatidão das informações ou do serviço realizado.

Para evitar erros em projetos, estes devem ser revistos com a participação do encarregado e responsável pela obra. Assim, já nesse momento podem identificar ausência de informações, assim como as mudanças que forem necessárias para obter uma execução mais econômica e produtiva.

A compatibilização dos projetos também é essencial para evitar erros e as interferências que proporcionam que os projetos não sejam corretamente seguidos na etapa de execução de uma obra.

Ter uma equipe bem estruturada

Os erros de execução da obra geralmente estão relacionados com a ausência de uma equipe bem estruturada a fim de comunicar o que precisa ser feito, como, quando e porque. Além de comunicar, todas as atividades precisam ser acompanhadas e verificadas, evitando a propagação de erros, desperdícios e baixa qualidade.

Durante toda a etapa de execução a equipe deve se comunicar eficazmente e ter um sistema de controle e verificação, além de seguir todas as recomendações do projeto, das normas técnicas e dos fabricantes.

Contar com controle de suprimentos

Para uma boa administração de recursos, insumos e materiais é essencial a implementação de uma cadeia de suprimentos que consiste em um acompanhamento total do processo do pedido até a finalização/entrega do serviço.

Por meio da cadeia de suprimentos é possível melhorar operações fundamentais como armazenamento e transporte, otimizando a produtividade. A adoção desse modelo auxilia em ganhos na competitividade do mercado, distribuição de custos e visibilidade no mercado.

Fornecer possibilidade de capacitação para funcionários

Toda a equipe precisa ser treinada e capacitada, desde a forma correta de ler os projetos e de executar as atividades conforme as normas, até como fazer uma gestão mais eficaz ou aplicar tecnologias como o BIM.

Os treinamentos, além de aumentarem a qualidade do serviço, também servem como incentivo aos profissionais, reduzindo o turn over e aumentando a satisfação. Além disso, empresas que buscam o incentivo e capacitação de seus funcionários conseguem melhorar a visibilidade e entrega dos serviços.

Inclusive, o IBEC oferece diversos cursos de capacitação que vão desde a realização de um orçamento e planejamento correto, uma execução de obras eficiente e até mesmo a aplicação de tecnologias e inovação no canteiro de obras — evitando problemas em obras.

Sendo assim, entre em contato com o IBEC e descubra mais sobre as inúmeras possibilidades de capacitações oferecidas e evite problemas em obras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *