O que é margem de contribuição e qual é sua importância? Saiba

O que é margem de contribuição e qual é sua importância? Saiba

A gestão financeira e dos custos é primordial para a sobrevivência e lucratividade de um negócio, por isso, deve ser prioridade para os gestores. Nesse sentido, acompanhar a margem de contribuição é indispensável e permite ter maior controle sobre o planejamento.

Considerada uma métrica que apresenta a saúde financeira, a margem de contribuição demonstra se as receitas são suficientes para arcar com as despesas – ou seja, monitorar esse indicador é essencial para saber se o negócio está realmente oferecendo lucros.

Mas afinal, você sabe o que é a margem de contribuição? Entender esse assunto é importante para otimizar o planejamento financeiro e potencializar os lucros. Pensando nisso, confira neste post o que significa a margem de contribuição, como calcular e sua importância para as empresas!

O que é a margem de contribuição?

A margem de contribuição é uma métrica essencial para a gestão financeira, pois apresenta qual o lucro real, após a empresa quitar custos fixos e variáveis. Ou seja, é um indicador que demonstra se as receitas são suficientes para pagar as despesas, custos e ainda gerar a lucratividade.

Em outras palavras, a margem de contribuição é um indicador calculado para os gestores identificarem se as receitas estão dentro do esperado, suficientes para pagar os custos fixos, variáveis e com lucro para promover o crescimento do negócio.

Para que a margem de contribuição serve?

Um dos principais objetivos da margem de contribuição é proporcionar aos gestores dados relevantes sobre a rentabilidade da empresa. Sobretudo, se as receitas geradas estão de acordo com o planejamento para cobrir os custos e despesas do funcionamento do negócio.

Sendo assim, a margem de contribuição é um indicador que serve para apresentar o equilíbrio financeiro, de forma simples e precisa – se a empresa está gerando lucros ou prejuízos com os produtos ou serviços, durante um determinado período de atuação.

Qual a importância da margem de contribuição?

Ter uma gestão eficiente e com decisões baseadas em dados é imprescindível para direcionar as estratégias e garantir a sobrevivência do negócio. Nesse sentido, calcular a margem de contribuição frequentemente é extremamente importante e oferece informações realistas para direcionar a empresa.

Dessa forma, o indicador tem a capacidade de demonstrar o panorama financeiro com precisão, proporcionando vantagens essenciais. Veja porque a margem de contribuição é um indicador importante para todo negócio!

Ajuda na análise da situação financeira

A margem de contribuição é uma das métricas mais importantes para a análise da situação financeira e apresenta resultados precisos. Ao realizar o cálculo, os gestores vão saber como está a saúde financeira da empresa, como estão os lucros e se os custos fixos e variáveis estão sendo pagos corretamente.

Sendo assim, toda gestão financeira eficiente conta com a margem de contribuição como o principal indicador de desempenho. Pois, é uma forma simples para saber se a empresa está indo bem, gerando lucros e existe margem para superar desafios e crescer no mercado.

Auxilia a entender a lucratividade do negócio

Os gestores devem acompanhar os resultados financeiros e ter um controle criterioso dos compromissos da empresa, para evitar transtornos e promover lucros. Dessa forma, a análise da margem de contribuição oferece a possibilidade de entender como está a lucratividade do negócio.

Além disso, a margem de contribuição permite que os gestores identifiquem quais os produtos ou serviços estão gerando maiores resultados. Com isso, desenvolver estratégias para melhorar os resultados se torna uma tarefa mais simples e bem direcionada.

Auxilia na tomada de decisões

A tomada de decisões em uma empresa é crucial para o sucesso, pois tem influência direta nos resultados e performance no mercado. Dessa forma, ao analisar os dados da margem de contribuição, os gestores terão informações valiosas para embasar as decisões, evitando erros e aproveitando melhor as oportunidades.

Auxilia a precificar produtos e serviços

A margem de contribuição é uma métrica que pode ser calculada a partir de processos, setores, produtos e serviços. Ou seja, tem impacto direto nas estratégias do negócio e apresenta resultados precisos sobre as vendas e a lucratividade gerada.

Nesse sentido, o indicador tem um papel importante para auxiliar os gestores a precificar os produtos ou serviços. De forma que mantenha os resultados sem comprometer a qualidade, oferecendo preços atrativos para melhorar a experiência do cliente.

Como calcular a margem de contribuição?

Como você notou, a margem de contribuição é um indicador essencial para o planejamento estratégico de um negócio. A melhor parte é que o indicador tem uma fórmula simples para o cálculo, no entanto, é indispensável conduzir de uma forma bem planejada e organizada.

Veja dicas práticas para calcular a margem de contribuição!

Organize os custos, receitas e despesas

O primeiro passo para ter facilidade para calcular qualquer indicador financeiro, é manter uma gestão organizada e com dados realistas. Portanto, tenha uma gestão centralizada e reúna todos os aspectos financeiros da empresa para ter resultados precisos.

Sendo assim, para o cálculo da margem de contribuição é essencial considerar e organizar os seguintes fatores;

  • custos diretos: diretamente relacionados com os produtos ou serviços, seja produtivos ou comerciais;
  • custos indiretos: custos não relacionados com a atividade principal, mas necessários para a empresa;
  • custos fixos: custos contínuos, como aluguel, seguros, salários e outros;
  • custos variáveis: tributos, insumos para produção, matéria-prima e outros.

Utilize a fórmula para calcular a margem

Após organizar todos os dados, o cálculo da margem de contribuição é bastante simples e pode ser realizado em pouco tempo. Entretanto, é importante que os gestores façam o processo periodicamente e mantenham um histórico de dados para ter maior conhecimento sobre o negócio.

A fórmula para calcular a margem de contribuição é a seguinte:

  • Margem de contribuição = valor das vendas – (custos variáveis + despesas variáveis)

A partir do cálculo da margem de contribuição, você terá uma visão apurada sobre a situação financeira da empresa e poderá, inclusive, utilizar os resultados para identificar o ponto de equilíbrio e outros indicadores importantes para embasar suas decisões.

Como você percebeu neste artigo, a margem de contribuição é uma métrica indispensável para a gestão de todo negócio. Afinal, ter dados para direcionar as estratégias é essencial para superar as adversidades e contribuir para elevar a lucratividade.

Gostou do post? Se deseja ver outros conteúdos relevantes sobre diversos assuntos profissionais e novidades para aperfeiçoar seus conhecimentos, não perca tempo e siga a página do IBEC no Facebook!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *