Entenda o que é BIM 10D e como é feita sua implementação em projetos
  • outubro 12, 2021
  • IBEC
  • Blog
  • 0

Entenda o que é BIM 10D e como é feita sua implementação em projetos

O avanço da tecnologia contribui para o desenvolvimento de ferramentas digitais modernas cada vez mais inovadoras, oferecendo resultados incríveis. Exemplo dessa evolução é a implementação do BIM 10D em projetos, que favorece diversos aspectos na construção civil.

Nesse sentido, a construção industrializada se tornou real no mercado nacional e internacional e, para isso, o BIM 10D é uma ferramenta fundamental – além de aumentar a precisão, contribui com inúmeros benefícios para integrar departamentos e gerar eficiência e produtividade.

Se você é um profissional que atua no setor construtivo, entender os novos conceitos e novidades da área é imprescindível para sua carreira. Pensando nisso, confira neste post o que significa o BIM 10D e como essa tecnologia é implementada nos projetos da construção civil!  

O que é o BIM 10D?

O uso de softwares tomou conta das atividades gerenciais e administrativas, chegando também à construção civil. Até pouco tempo, a utilização de softwares na construção civil era apenas para a elaboração de projetos e algumas atividades da gestão financeira.

No entanto, com o passar dos anos novas funcionalidades foram desenvolvidas e permitem a integração entre diversas áreas e etapas de uma construção. Dessa forma, conduzir um trabalho com qualidade, precisão, redução de custos e produtividade passou a ser um objetivo mais palpável.

Exemplo prático dessa revolução tecnológica é o BIM, que, ao contrário do que muitos profissionais pensam, não consiste em um software específico. O BIM é um tipo de linguagem adotada em alguns softwares, como o Revit, e permite trabalhar em ambientes integrados e com diversidade de funções.

Em síntese, o BIM 10D é uma ferramenta mais avançada e contempla 10 dimensões, ou seja, atribui diversas possibilidades de trabalho. Com isso, engenheiros, arquitetos e outros profissionais podem ter um controle e gestão mais eficaz de um projeto.

Veja o conceito de cada dimensão do BIM 10D!

1D Protocolos

É o início de tudo, quando os países percebem a importância da inovação tecnológica e a implantação da metodologia BIM. Dessa forma, foram criadas leis e regulamentações para o uso adequado da ferramenta no meio profissional.

2D Colaboração

Surge a necessidade de ferramentas tecnológicas para melhorar o fluxo dos trabalhos no setor construtivo. E é onde acontece a introdução de trabalhos colaborativos e o desenvolvimento de novas soluções integradas de gerenciamento, a fim de aperfeiçoar serviços, por exemplo.

3D Renderização Tridimensional 

Consiste na modelagem tridimensional e informações digitais para visualizar e realizar alterações em tempo real, abrindo as portas para a evolução digital.

4D Análise de Compatibilização e Planejamento

Uma evolução que agregou dados importantes, como previsões e análises da execução do projeto, contemplando o planejamento das etapas e mapeamento de riscos. Ou seja, os impactos das atividades podem ser visualizados com maior facilidade, evitando conflitos e gastos excessivos.

5D Análise de Custos

O BIM 5D tem o foco nas questões financeiras do projeto, analisando orçamentos, especificações, cronogramas de atividades e outros. Uma dimensão extremamente relevante para o sucesso de um projeto, contribuindo para gerar lucratividade.

6D Avaliação de Sustentabilidade

A sexta dimensão do BIM é relacionada com a avaliação da sustentabilidade e com o uso de equipamentos que utilizam energias renováveis. Além disso, tem foco na redução dos impactos ambientais, na redução do consumo de recursos e em promover um canteiro de obras sustentável.

7D Gestão de Instalações

Consiste na análise do ciclo de vida de um projeto, gestão das instalações e operações na construção civil. Trata-se do gerenciamento de determinados pontos a longo prazo, o que é importante para garantir a eficiência e durabilidade das edificações.

8D Segurança

O BIM 8D compreende as ações para a segurança ocupacional e a prevenção de acidentes durante a execução dos projetos. Atua levantando e gerenciando os riscos das atividades, sejam elas administrativas ou operacionais.

9D Construção Enxuta 

Também chamado de Lean Construction, o BIM 9D é direcionado para as ações que visam reduzir os desperdícios e excessos. São métodos para otimizar as tarefas sem comprometer os resultados finais e a produtividade do projeto no geral.

10D Construção Industrializada

O conceito BIM 10D é a construção industrializada, que integra novas tecnologias para gerenciar dados físicos, comerciais, ambientais e outros. Portanto, é uma forma para industrializar a construção civil, de maneira sequenciada, interligando setores e gerando produtividade.

Como o BIM 10D funciona?

Agora que você já viu o conceito e evolução do BIM, fica mais fácil entender como esse conceito funciona em um projeto – a plataforma tem o objetivo de reunir todos os dados e informações necessários para a execução de um projeto, promovendo produtividade e eficiência.

Nesse sentido, o BIM 10D funciona como uma ferramenta que centraliza dados para otimizar todas as atividades do projeto com o uso da tecnologia. Diante disso, os gestores da obra terão recursos intuitivos para conduzir o projeto da melhor forma possível.

Como é a utilização da ferramenta?

A utilização do BIM 10D é abrangente, ou seja, a ferramenta oferece recursos para gerenciar diversos aspectos, não apenas desenvolver projetos tridimensionais. Sendo assim, é possível utilizá-lo para alinhar setores financeiros, comerciais, meio ambiente, segurança, análise de riscos e muitos outros.

Nesse contexto, a ferramenta BIM 10D oferece inúmeras possibilidades para todo tipo de obra e pode ser utilizada em todas as etapas. Sobretudo, com o apoio da tecnologia e recursos digitais extremamente inteligentes e que automatizam tarefas complexas.

Qual a importância para o projeto?

Os recursos digitais e a inovação são considerados uma necessidade para o sucesso de qualquer negócio, inclusive, na construção civil. Consiste na oportunidade ideal para otimizar processos, reduzir custos, elevar o desempenho e ganhar competitividade para se destacar no mercado.

Por isso, contar com recursos e softwares que utilizam o BIM 10D é mais que acompanhar a tendência, é um diferencial importante para os resultados. Para a carreira profissional de um engenheiro ou arquiteto, entender sobre essa modernidade é substancial para aproveitar as oportunidades.

Como você pode notar, o BIM 10D é uma ferramenta importante e oferece recursos imprescindíveis para aperfeiçoar as tarefas em uma obra. Além de melhorar a produtividade, evita erros e gastos desnecessários, contribuindo para alcançar resultados surpreendentes.

Gostou do post? Se deseja continuar aperfeiçoando seus conhecimentos sobre o assunto e ver mais informações relevantes, não perca tempo! Leia agora mesmo qual a importância da integração entre o BIM e o ERP!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *