Afinal, engenheiro pode dar aula? Descubra aqui!

Afinal, engenheiro pode dar aula? Descubra aqui!

Não é incomum que, ao iniciar o ensino superior, um estudante não tenha certeza de que caminho deseja seguir. Muitos cursos são bastante abrangentes, permitindo uma grande diversidade de escolhas — e um deles é a engenharia.

A engenharia engloba o estudo e a aplicação de conhecimentos científicos no desenvolvimento de técnicas utilitárias funcionais para a vida humana, assim sendo, consiste em áreas de conhecimento amplas, com diversos ramos especializados e possibilidades inúmeras. 

Se você se formou engenheiro — não importa se recentemente ou há muito tempo — talvez você ainda esteja em busca do caminho certo para você em meio a tantas opções. É por isso que, neste artigo, vamos jogar luz sobre uma possibilidade que pode ser aquela que você procura: já pensou em ser professor? 

Para saber se engenheiro pode dar aula e quais caminhos ele pode seguir para chegar a esse fim, não deixe de ler até o final.

Por que ser professor?

A carreira de professor não é apenas um caminho para pagar as contas. Esses profissionais desempenham um papel essencial em toda formação, da mais básica a mais avançada, e são poucas outras carreiras que permitem o desenvolvimento de relações tão próximas de afeto e respeito quanto essa. Professores deixam seu legado por onde passam, sendo lembrados por vidas inteiras.  

Ser professor, portanto, é ter oportunidades constantes de mudar o mundo por meio da formação de seres humanos capazes e bem-direcionados. 

Além desse valor moral intrínseco à carreira, ela também apresenta vantagens, como o fato de ser bastante dinâmica, com uma rotina variada no que diz respeito a colegas, alunos e até mesmo horários e métodos. 

Essa variação de personagens traz consigo a possibilidade constante de novas amizades e, principalmente, de novos aprendizados, já que o contato diário com alunos em um ambiente como uma sala de aula permite que o professor não apenas ensine, mas aprenda muito com seus pupilos. 

Como é ser professor no Brasil?

Mesmo com essas vantagens, é compreensível a relutância em assumir a carreira de professor em um país como o Brasil, já que, historicamente, desde o início do período da Ditadura Militar no país, os salários de professores e as condições dos profissionais da rede pública de educação vêm se deteriorando em prol do setor privado. 

Não se pode deixar de considerar, frente a esse cenário, que a carreira é muito diversa, podendo ser exercida em diferentes níveis de formação (ensino básico, ensino médio, ensino técnico e ensino superior) e também em instituições públicas ou privadas, de forma que os salários e condições também são muito variáveis. 

A oferta de vagas para professores é muito grande, ainda que os salários nem sempre o sejam. O país é carente de profissionais qualificados, que estão em falta especialmente para o ensino básico.

Um engenheiro pode dar aula?

Se os percalços não te assustam e a ideia de ser professor continua motivadora e atrativa para você, se anime! Engenheiro pode, sim, dar aula e muitos escolheram essa carreira e tiveram pleno sucesso. 

Engenheiros podem ministrar aulas dentro de suas especializações no ensino superior, ou mesmo no ensino básico, no entanto, são necessários alguns procedimentos específicos a cada nível para que isso possa ocorrer. 

Vale lembrar que, para todos os níveis de ensino, é importante que o professor seja comunicativo e tenha boa capacidade de transmitir conhecimento. 

Ensino Básico

Engenheiro pode dar aula no ensino básico em disciplinas que domine de acordo com sua especialização como, por exemplo, matemática, física ou química. Para tal, no entanto, a demanda é de que o professor conclua, além da engenharia, um curso de licenciatura (para o ensino básico II que vai do 6º ao 9º ano) ou pedagogia (para o ensino básico I que vai do 1º ao 5º ano), já que, no ensino básico, os alunos ainda estão em formação e lidar com eles nessa fase requer muita atenção e técnicas específicas. 

Um professor de ensino básico precisa estar preparado para educar fora dos limites técnicos da matéria na qual se especializa, já que não é incomum que tenham que lidar com situações como falta de comprometimento e desatenção (que podem ser dados de questões disciplinares ou de saúde), tensões sociais entre alunos, tensões trazidas de casa pelos estudantes etc.

Ensino Médio e Técnico

O ensino médio não é tão diferente do ensino básico II e é necessário que o professor tenha concluído um curso de licenciatura para que possa ministrar aulas nesse nível. No caso do ensino técnico é possível que, em alguns casos, seja suficiente o diploma de bacharel ou tecnólogo.

Nos cursos de engenharia, o mais comum é que a formação não seja a nível de licenciatura a princípio, mas, sim, bacharelado. Nesse caso, para atuar como docente, o profissional formado bacharel precisa de curso de complementação pedagógica.

Ensino Superior

Para lecionar no ensino superior, as exigências são maiores. É necessário que o profissional seja graduado e ainda que possua, dependendo da área que pretende atuar, mestrado, doutorado ou especialização.

Chama-se de especialização os cursos de pós-graduação lato sensu, voltados para o mercado de trabalho, enquanto chama-se de mestrado e doutorado os cursos de pós-graduação stricto sensu, geralmente voltados para a área acadêmica

De acordo com o Ministério da Educação, universidades e centros universitários precisam ter ao menos um terço de seus corpos docentes com titulação acadêmica de mestrado ou doutorado. Além disso, o salário de professores com essas titulações é automaticamente superior a daqueles que têm apenas especialização.

Ainda assim, existe ampla procura de profissionais com especialização que buscam lecionar e existem salários muito bons no mercado.

Quero ser professor, e agora?

Agora que você já sabe que engenheiro pode dar aula e que esse é o caminho que você quer seguir, precisa procurar um curso que possa te dar a base necessária para isso. O IBEC tem cursos de pós-graduação que podem ser o seu primeiro passo nessa carreira tão prestigiosa!

Para saber mais, entre em contato com a gente e fique por dentro de tudo que nossos cursos podem oferecer para a sua formação!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *