Conheça 6 formas de inovação na construção civil

Conheça 6 formas de inovação na construção civil

A inovação na construção civil oferece tecnologias que facilitam a elaboração de grandes projetos. Em um setor altamente competitivo, incorporar soluções livres de falhas e no menor prazo estabelecido aumenta o ganho de credibilidade do engenheiro e da empresa, otimizando os processos.

A conversa sobre cidades inteligentes é cada vez mais frequente em um momento de avanços inovativos inimagináveis. O profissional precisa estar sempre informado diante das recentes tendências para adquirir mais habilidade e crescimento nesse ramo. Por isso, não deixe de conferir o curso de administração e planejamento de obras do IBEC.

Neste artigo, vamos informar sobre como as inovações tecnológicas estão potencializando os processos da construção e apresentar as modernizações aplicadas na engenharia civil. Boa leitura!

Entenda os benefícios da inovação na construção civil

Inovar é algo muito parecido com enfrentar novos desafios, como escolher a especialização de sua carreira. Essa atitude pode facilitar e viabilizar soluções para o cumprimento de objetivos, seja na vida pessoal, acadêmica ou profissional.

O gerenciamento inovativo na construção civil tem vantagens como o aumento de produtividade, economia de tempo e dinheiro, criação de novos mercados ou inserção nos já existentes, melhorias de matérias e equipamentos, além de ser capaz de elevar as receitas por meio da redução de custos no campo financeiro da construtora.

Confira 6 tecnologias para colocar a inovação na construção civil em prática

Novas tecnologias são formalizadas a todo momento em universidades e empresas com pesquisas avançadas. Na construção civil isso não seria diferente, já que é sempre possível melhorar qualquer âmbito com a aplicação desses novos recursos. Descubra essas inovações!

1. Sistemas de construção

A tecnologia inserida na construção civil oferece muitos benefícios ao idealizador do projeto. Sistemas de construção sempre estiveram presentes nesse meio, trazendo facilidades ao profissional. O Computer Aided Design (CAD) é o mais conhecido nessa indústria e concebe os projetos mediante a representação de objetos geométricos.

Contudo, apesar de o CAD ser um conhecido de longa data dos antigos e novos engenheiros, o mercado está sempre atualizando seus métodos facilitadores. Diante disso, surge o Building Information Modeling (BIM) com o intuito de promover agilidade e eficiência da planta à construção.

O BIM apresenta dados reais, diferente do CAD, que trabalha apenas com características básicas dos elementos. Assim, pode-se inserir dimensões, materiais, custos, fabricantes e outras particularidades para concepção. Um projeto concedido no sistema BIM facilita o jeito do gestor lidar com a capacidade de gerenciamento. É a melhor forma de ter uma visão abrangente de todo o processo realizado.

Além disso, os dados e relatórios são armazenados na nuvem nesse modelo, podendo ser acessados por todos os envolvidos em qualquer dispositivo eletrônico. Como ele tem os informes concentrados num servidor, quando se altera um objeto, as alterações são feitas automaticamente em toda a cadeia de desenvolvimento.

2. Produtos e materiais

Definitivamente, essa é uma categoria que está revolucionando a inovação na construção civil. As tecnologias de produtos e materiais facilitam o trabalho no canteiro de obras, trazendo segurança e inovação. Veja como elas podem auxiliar.

Bioconcreto

Desenvolvido nos laboratórios da Technische Universiteit Delft, Países Baixos, o bioconcreto é um material sustentável autorregenerativo. O concreto vivo, como é conhecido, tem uma superbactéria em sua composição. Quando rachaduras começam a surgir, as bactérias dão início à alimentação de lactato e uma série de reações químicas ocorrem para formar o calcário — regenerando a estrutura.

Contrapiso autonivelante

É uma tecnologia relativamente recente no Brasil, mas tem sido estudada há um longo tempo por pesquisadores. Apesar do custo mais elevado em relação à tradicional argamassa, o autonivelante acelera o tempo de execução da obra. O ambiente de trabalho fica mais funcional e ágil.

Alumínio transparente

Criado com uma tecnologia que utiliza o laser para conceber a peça, é um candidato à substituição do vidro. Por ser mais resistente que o aço, esse material é muito mais seguro e evita acidentes relacionados a cortes, muito comuns quando o vidro é utilizado.

3. Sensores inteligentes

Os sensores inteligentes são bastante utilizados em carros autônomos, porém seu uso não ficou limitado apenas a um setor e veio trazer inovação também na construção civil, sendo empregados em vestíveis e na área da obra.

Capacetes de obras alertam sobre impactos de pequenos cascalhos como aviso para ter cautela. Já os relógios monitoram o estado corporal do trabalhador para evitar exaustão. Esses sensores também podem ser distribuídos por todo o espaço para emitir avisos sobre toda a estrutura.

4. Impressão 3D

É a inovação tecnológica mais desejada no mercado da construção civil, apesar de ainda apresentar limitações. Atualmente é possível construir casas em poucas horas, eliminar o desperdício de materiais e, consequentemente, conseguir um projeto sustentável.

Nesse setor destacam-se as construtech, que são startups tecnológicas voltadas para a construção civil. O destaque vai para a redução gigantesca de custos com construção, oferecendo muito conforto até para famílias de menor renda.

5. Drones

Outra inovação que sai de um setor específico e migra para outro bem diferente. Os drones fornecem funções muito úteis no gerenciamento de obras. Eles conseguem monitorar vastos canteiros de obras em pouco tempo, lidar com o congestionamento de pessoas e ainda controlar estruturas em altitudes mais elevadas.

No projeto, isso significa um mapeamento de vídeo em tempo real de toda a construção. Dessa maneira, gestores conseguem relatórios de avaliação de riscos, atrasos e melhorias a serem feitas antes de colocar o trabalho em prática.

6. Rastreamento de ferramentas

Leitores de códigos de barras já são utilizados há um bom tempo como medida de segurança em lojas de roupas e supermercados. Entretanto, é uma recente inovação na construção civil e ajuda com uma melhor fiscalização de ferramentas no local da obra.

Os equipamentos são catalogados digitalmente, recebendo uma numeração específica.

Fica a cargo do trabalhador posicionar a ferramenta para ser reconhecida no começo e no final do dia. O dirigente tem acesso a todo momento a essas informações, evitando-se, portanto, despesas com peças perdidas e desviadas.

Compreenda a importância da inspeção de obras na construção civil

O responsável pela construção fica encarregado de variados parâmetros que estão diretamente ligados à qualidade da obra. Então, a modernização tecnológica representa um salto para o gestor e para a construtora no quesito de inspeção da obra. Analisar a organização do canteiro, trabalhadores e progresso mostra todo o desenvolvimento.

A inovação na construção civil é relevante em um cenário que está sofrendo desacelerações bruscas. Apesar disso, as conversas em equipes ainda são o ponto de partida, com elas há troca de experiências, de informações e soluções. Esse tipo de inspeção de obras mais direto otimiza a gestão de gastos, mantém a alta produtividade e cria conexões.

E então, gostou do artigo? Agora que você conhece algumas formas de inovação na construção civil, veja algumas razões relevantes para fazer a inspeção de obras nesse ambiente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *