Saiba como montar e apresentar uma proposta de orçamento

Saiba como montar e apresentar uma proposta de orçamento

Saiba como montar e apresentar uma proposta de orçamento

Já imaginou perder um contrato ou parceria por não conseguir entregar uma boa proposta de orçamento? Apesar de ser um sério problema, não é difícil encontrar profissionais que já passaram por essa situação e estão lamentando a perda de grandes oportunidades.

Em um mercado acirrado, é importante se aperfeiçoar e desenvolver múltiplas habilidades, de modo que, certamente, responder a uma cotação de preços com eficiência é um ponto positivo para você e para a empresa na qual trabalha.

Pensando nisso, reunimos as melhores dicas para quem precisa montar e apresentar uma proposta comercial, mas não sabe como fazê-lo. Continue com a leitura para tirar todas as suas dúvidas e ampliar seus conhecimentos!

O que deve constar em uma proposta de orçamento?

A primeira dica para montar uma proposta de orçamento completa e adequada é entender o que deve estar descrito nesse documento. Afinal, é muito importante que ele seja claro e apresente todas as informações necessárias para que o seu cliente tome a decisão.

Dessa maneira, é essencial que você se preocupe em informar os seguintes dados:

  • o objeto do contrato (o que o projeto englobará);
  • o que a empresa tem a oferecer ao cliente;
  • o prazo de duração do contrato;
  • o prazo de validade da proposta apresentada;
  • a mensuração de custos;
  • os dados essenciais sobre o engenheiro ou a empresa.

Observe que todos esses detalhes são imprescindíveis para a tomada de decisão do cliente e precisam estar claros na proposta de orçamento. Por isso, antes de enviá-la, verifique se está tudo certo!

Como montar o orçamento perfeito?

Agora que você já sabe o que não pode faltar em seu orçamento, podemos apresentar o passo a passo para montar uma proposta perfeita. Selecionamos as melhores práticas e dicas e trouxemos para o blog para ajudá-lo a superar qualquer dificuldade que exista ao executar esse procedimento.

Quer aprender? Fique atento aos tópicos a seguir!

Conheça as demandas do cliente

Para que um engenheiro cresça profissionalmente e destaque-se no mercado, é necessário atuar nas dores do cliente. Isso significa que você precisa entender de que ele necessita e, a partir disso, desenvolver seu modelo de trabalho.

Essa deve ser a sua primeira providência. Ou seja, antes de procurar a calculadora e começar a fazer os cálculos, procure descobrir do que aquele cliente precisa e como você poderá ajudá-lo — isso evita a oferta de serviços desnecessários.

Faça o cliente perceber o problema que enfrenta

Você já sabe o problema do cliente, então, o que fazer com essa informação? Uma boa estratégia é ajudá-lo a visualizar esse obstáculo. A ideia é fazer com que ele se perceba imerso na situação e comece a valorizar a solução que você está propondo.

Trata-se de uma verdadeira técnica de convencimento, pois o cliente perceberá que tem um problema, que ele é sério e que você é o mais capacitado e preparado para ajudá-lo a superar.

Como fazer isso? Faça um parágrafo introdutório, utilize um gráfico ou, até mesmo, uma imagem. Enfim, deixe claro o problema para fortalecer a necessidade da solução.

Descreva os serviços de sua proposta e os objetivos

O próximo passo é a descrição do serviço ou produto ofertado. Para isso, é necessário fazer a conexão de cada serviço com os seus objetivos. Perceba que essa é uma etapa mais objetiva, em que ele poderá analisar aquilo que está sendo oferecido de maneira racional.

É importante ser claro e direto nessa exposição, pois não é interessante deixar dúvidas acerca de sua atuação e dos resultados que serão alcançados. Uma boa estratégia é fazer uma listagem do serviço de forma prática, como “faremos o projeto estrutural da construção e, assim, asseguraremos uma execução de obra dentro da lei e das normas de segurança”.

Informe o investimento necessário

Depois de fazer com que o cliente entenda o seu real problema e descubra como sua empresa poderá ajudá-lo, é o momento de falar sobre valores. Seja claro e evite rodeios, pois é preciso que ele entenda que o investimento realizado está de acordo com os benefícios que serão desfrutados.

Lembre-se de que o cliente está em busca da solução para sua demanda e, desde que o valor cobrado seja justo e de que sua empresa seja capaz de atendê-lo com eficiência, essa será uma boa opção a ser avaliada.

Apresente o prazo de execução e demais informações

Ser objetivo e honesto com o seu cliente em potencial é um grande diferencial competitivo de um profissional da engenharia. Por isso, é importante que você apresente todas as informações relevantes relacionadas à execução do serviço. Dentre elas, vale destacar:

  • o prazo para execução do serviço contratado;
  • os detalhes da entrega — o que será entregue durante e ao final do contrato;
  • o cronograma de trabalho — prazos para cada etapa da obra;
  • as responsabilidades das partes — regras que devem ser observadas pelas duas partes;
  • as formas de pagamento;
  • a validade da proposta — para que ele entenda a necessidade de dar um retorno.

Destaque os seus diferenciais no mercado

Após apresentar tudo isso, é hora de reforçar o quanto você e sua empresa são diferentes em relação ao mercado, isto é, o que vocês têm de melhor a oferecer ao cliente.

Nesse ponto, poderão ser citados parceiros de negócios, um fornecedor renomado, o uso de tecnologias avançadas, sua capacitação profissional, a metodologia de trabalho utilizada e todos os aspectos que o tornam o engenheiro ideal para o trabalho.

Confirme o recebimento da proposta

Por último e igualmente importante, é necessário conferir se o cliente recebeu a proposta. Se você a enviou e não houve nenhum contato depois de um certo prazo, é interessante ligar ou mandar um e-mail de confirmação. Porém, tome cuidado para não ser inconveniente e passar a imagem de estar desesperado pelo serviço.

Além disso, no caso de envios de orçamentos por e-mail, você poderá ativar a confirmação de recebimento automática. Desse modo, você será informado assim que o cliente o abrir. Mas é claro que isso não impede um contato posterior no caso de não existir uma resposta.

Conseguiu aprender a montar e apresentar uma proposta de orçamento? As dicas trazidas neste post são o mapa do tesouro para quem precisa responder a uma cotação de preços de maneira convincente e completa. Lembre-se de que essa é uma oportunidade de apresentar todo seu potencial e não apenas o preço cobrado pelo serviço!

Quer ampliar suas habilidades e adquirir conhecimentos indispensáveis à atuação de um engenheiro? Entre em contato conosco agora mesmo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *