7 passos essenciais para montar um plano de carreira infalível

7 passos essenciais para montar um plano de carreira infalível

7 passos essenciais para montar um plano de carreira infalível

Quando o assunto é carreira não dá para fazer o estilo Zeca Pagodinho e levar ao pé da letra a canção “deixa a vida me levar”. Pelo contrário: é importante definir suas metas e traçar um planejamento bem estruturado, capaz de orientar as suas ações. Somente assim você conseguirá chegar onde pretende.

Para ajudá-lo com essa missão, preparamos este artigo com a finalidade de mostrar como montar plano de carreira de forma eficiente e proporcionar a devida segurança para alcançar seus objetivos. Ao seguir os passos abaixo, o sucesso torna-se mais tangível. Boa leitura!

1. Fazer uma análise da situação atual

O primeiro passo para obter êxito é refletir sobre o seu estado atual. Você está feliz profissionalmente? O cargo que ocupa proporciona satisfação? O seu salário é compatível com o mercado? Você tem boas oportunidades no emprego atual?

Esses são apenas alguns dos questionamentos que você deve responder antes de montar o plano. Ao pensar sobre esses pontos, é possível ter uma noção melhor de qual caminho seguir. Fazer esse exercício de autoanalise pode solucionar algumas questões que pareciam confusas, pois assim haverá mais clareza para colocar no papel quais os seus objetivos.

2. Determinar as metas

Falando em objetivos, é fundamental estabelecer quais são as suas metas — tanto as de curto como as de médio e longo prazo. Lembre-se de que cada passo dado é um degrau a mais rumo aos seus sonhos profissionais.

Para não ter erro, imagine-se nos próximos 5, 10 e 15 anos. Como se enxerga nessas datas? O que você quer fazer no futuro? Com certeza o intuito é alçar voos mais altos e não permanecer na mesma função por incontáveis anos. Nesse contexto, é essencial também pensar nas habilidades e aptidões que você deve adquirir para conseguir chegar no cenário desejado.

3. Apostar no aprendizado constante

Para conseguir se destacar no mercado e conquistar cargos mais complexos, o profissional deve se atualizar constantemente. Afinal, como já aponta a sabedoria popular: “conhecimento nunca é demais”. Por isso, é recomendado investir em cursos extras. Fazer uma pós-graduação ampliará os seus saberes e consequentemente melhorará as suas chances de ser contratado por empresas renomadas.

Perceba, nesse aspecto, a importância de incluir no seu planejamento de carreira um curso de especialização. Para que não ocorra nenhum erro, monte um plano financeiro, garantindo que as suas contas permaneçam sempre no azul.

4. Encontrar a sua vocação profissional

Se existe uma máxima no mercado de trabalho é que os profissionais que atuam com aquilo que amam são extremamente realizados. Mas para chegar a tal nível, é preciso conhecer a si mesmo. Nesse sentido, é necessário entender o que o motiva e que faz seus olhos brilharem e o coração bater mais forte.

Lembre-se de que, às vezes, dinheiro não é tudo. Claro que ter uma remuneração adequada contribui com a satisfação profissional. Mas, além disso, os profissionais buscam reconhecimento. Eles querem sentir que o seu trabalho é valorizado e que fazem a diferença no mundo.

O ideal é conseguir encontrar um ponto de equilíbrio, entendendo o que lhe faz bem e o que agrega valor a sua vida, afinal, passamos várias horas do dia no emprego. Em outras palavras, ao gostar de fato da sua profissão, você não vai encarar as extensas jornadas de serviço como um tormento. Na verdade, você se sentirá pleno ao saber que ama o seu trabalho e ainda tem um retorno financeiro satisfatório.

5. Definir as estratégias

De nada adianta saber o que você quer para o futuro se não pensar em formas de concretizar esse desejo. Por isso, aborde no plano de carreira o que é necessário para transformar o seu sonho profissional em realidade.

Não existe uma regra, pois tudo vai depender das suas aspirações. Quer um exemplo mais claro? Então suponha que o seu principal objetivo é conseguir um cargo no alto escalão de uma multinacional. Nesse caso, primeiro você deve pensar em como ingressar naquela empresa — mesmo que seja em uma função mais simples. Para isso, pesquise o perfil dos profissionais que são contratados e tente entender quais são os diferenciais que eles possuem.

A partir disso, é possível traçar um plano de ação para subir aos poucos na hierarquia organizacional. Perceba, nesse contexto, que cada objetivo tem uma estratégia distinta.

6. Estabelecer prazos

Outra etapa fundamental que merece a devida atenção é a determinação de um prazo. Isto é: quanto tempo você tem para alcançar cada um dos objetivos estipulados. Vale destacar que estabelecer prazos o ajuda a manter o seu cronograma em dia, tornando o relógio o seu aliado e não um inimigo. Tal característica vai otimizar o processo, não deixando que o comodismo fale mais alto.

Portanto, certifique-se de criar um plano plausível, no qual seja possível cumprir cada etapa na data prevista. Não se esqueça de tornar a tarefa realista e simples para facilitar a realização das ações estabelecidas.

7. Pensar nos diversos cenários

Imprevistos acontecem o tempo todo e isso pode fazer com que nem tudo saia de acordo com o planejado. Alguém da família pode adoecer, por exemplo, sendo necessário usar as reservas que foram economizadas para alavancar a sua carreira.

Dessa forma, o seu plano profissional terá que ser reestruturado, levando em consideração a sua situação atual. Por isso, é importante ter certa flexibilidade e pensar nos diversos cenários possíveis, tendo uma solução para cada um deles. Essa é a melhor forma de driblar as adversidades e levar adiante o seu projeto profissional. O importante aqui é não se deixar abater e ter em mente um plano B.

Lembre-se de que para chegar ao topo e conseguir alcançar aquele cargo ou emprego que você sempre sonhou é preciso ser dedicado e criar alternativas para ajudar a concretizá-lo.

Agora que já sabe efetivamente como montar plano de carreira, que tal curtir a nossa página no Facebook? Assim, você receberá dicas exclusivas de como se tornar um profissional de destaque, além de informações sobre o mercado de trabalho e até mesmo de como turbinar a sua carreira.

2 comentários no post "7 passos essenciais para montar um plano de carreira infalível"

  1. José Mário Varjão disse:

    Quando se fala em carreira profissional, deve esquecer a existência de jeitinho brasileiro, esse só serve para políticos, ou melhor, servia, já que hoje os conduz ao xadrez.
    Profissionalismo é direção com único sentido, é ter presença de caráter e retidão, já que não há outro meio para obter sucesso e seguir em paz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *